quarta-feira, 11 de junho de 2008

As Virgens Suicidas

Durante a década de 70, o filme enfoca os Lisbon, uma família saudável e próspera que vive num bairro de classe média de Michigan. O sr. Lisbon (James Woods) é um professor de matemática e sua esposa é uma rigorosa religiosa, mãe de cinco atraentes adolescentes, que atraem a atenção dos rapazes da região. Porém, quando Cecília (Hanna R. Hall), de apenas 13 anos, comete suicídio, as relações familiares se decompõem rumo a um crescente isolamento e superproteção das demais filhas, que não podem mais ter qualquer tipo de interação social com rapazes. Mas a proibição apenas atiça ainda mais as garotas a arranjarem meios de burlar as rígidas regras de sua mãe.
--------------------------------------------------
Eu vi esse filme ontem e ele me fez pensar na forma em que alguns pais educam seus filhos, sendo super-protetores privando da liberdade e achando que essa é a melhor forma educacional, quando na verdade eles tiram a oportunidade dos filhos conhecerem o mundo e terem suas próprias conclusões. Filhos encarcerados são filhos deprimidos.

Um comentário:

Cynthialu disse...

Tbm vi esse filme, e concordo com oq vc disse a respeito dos pais q prendem d+ os filhos, achando que vão dar mais segurança.