terça-feira, 27 de abril de 2010

...lendo...


Dr. Gregory House, protagonista de uma das séries de TV de maior sucesso dos últimos tempos, é um personagem controverso e, justamente por isso, fascina milhares de telespectadores no mundo todo. Dr. House surpreende, transgride as regras da medicina tradicional e é famoso pela forma peculiar de desvendar as doenças e suas causas e curas. É um herói às avessas que não agrada a todos, mas sempre instiga a curiosidade alheia e ignora a ética usando vários ardis para realizar o verdadeiro propósito da medicina: salvar vidas.
Afinal, como funciona a mente do Dr. House? De que maneira ele distingue o que é certo do que é errado? Como raciocina? Descobrir a resposta para questões como essas é a meta de Blitris, grupo de filósofos italianos, autores de A filosofia em House, que se reuniu para esclarecer temas complexos como ética e lógica, a partir da análise de uma das séries mais populares da TV, desfazendo o mito do discurso filosófico incompreensível.

Para o Dr. Gregory House, cada doença é um novo e intrigante quebra-cabeça a ser resolvido com argúcia e inteligência. Para os autores de A filosofia em House, o desafio é o próprio médico. Como consegue adivinhar o diagnóstico? Ele julga estar acima do bem e do mal? O que torna esse personagem tão fascinante? Este livro, com um texto acessível e bem-humorado, demonstra que a filosofia não precisa ser assunto apenas de acadêmicos. Praticá-la pode ser, acima de tudo, apaixonante e divertido.





Nenhum comentário: