segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

TULLYCRAFT - Every scene needs a center (2007)




Pra começo de conversa, se você estiver meio tristonho, nem pense em hipótese nenhuma baixar e muito menos ouvir esse play (é o único que eu saco dessa banda), pois a felicidade impera aqui. Mas não é qualquer felicidade, é aquela felicidade desesperada e idiota, que lembra muito quando um nerd ganha dinheiro pra fazer o projeto tão esperado. Oriunda de Seattle formada em 1995 eles são constantemente relacionado com uma das primeiras bandas indie pop, sempre com sua postura DIY.. Portanto, se você estiver naquele bode, não ouça, você vai odiar. Agora se você tá feliz por que arrumou aquela namoradinha, ou ganhou na mega da virada ou mesmo arrumou um emprego chato depois de meses de liseira... esse é o som pra hoje!



 Tracklist


1 The Punks Are Writing Love Songs     2:58
2 Fangs On Bats     2:23
3 Georgette Plays A Goth     2:47
4 Bored To Hear Your Heart Still Breaks     3:41
5 Clique At Night Vandals     3:14
6 Dracula Screams Of Tiger Style (Parts One & Two)     7:25
7 The Lonely Life Of The UFO Researcher     1:59
8 A Cursed Miss Maybellene     2:40
9 If You Take Away The Make-Up (Then The Vampires They Will Die)     1:43
10 Misgiving     2:52
11 The Neutron     3:30
12 One Essex Girl     4:34
13 The Secret History Of Devil's Paw     2:56
14 We Know You're Cute, You Told Us     5:00



http://www.mediafire.com/download/3lwmfhk9j0qcefa/TULLYCRAFT+-+Every+scene+needs+a+center.zip

THE SOFTIES - It's love (1995)




Sessão lembrancinha, trata-se do primeiro play das SOFTIES, It's love, que saiu no longínquo ano de 1995 . O duo Rose Melberg e Jen Sbragia investem tudo num twee pop folk sem bateria nem baixo, somado a todo mel que existe no mundo, fazendo melodias tão refrescantes quanto uma brisa de um fim de outono... Rose Melberg é conhecida por sua participação em bandas que eu adoro como Tiger Trap, Gaze e Go Sailor. Totalmente recomendado pra você black metal fodão que coleciona papel de carta escondido dos amigos do jiu jitsu...




Tracklist

Hello Rain    
I Love Your More    
Charms Around Your Wrist    
Could I    
Until You Tell    
An Awful Mess    
This House    
It's Love    
Alaska    
Fragile, Don't Crush    
Heart Condition    
Follow Me    
I Can't Get No Satisfaction, Thank God    
Perfect Afternoon 


http://www.mediafire.com/download/rl96bol1zd0g4ay/THE+SOFTIES+-++It%27s+love.zip

BLEEDING RAINBOW - Yeah right (2013)




Nada de funk ostentação... aqui é shoegaze reflexão. Claro que com muitas boas doses de indie rock e lo-fi esse quarteto da terra do Rocky Balboa toca aquele som típico de volta pra casa num dia chuvoso, que tanto mexeu com os cambitos da Carrie Brownstein (sim, SLEATER-KINNEY), fazendo a moçoila destilar bom elogios e meio que amadrinhar os BLEEDING RAINBOW. Destaques ficam para a maravilhosa "Pink ruff", a preocupante "Shades Of Eternal Night", "Inside my head" e aquele ar de esperança mentirosa e "Losing touch" como uma cereja dream pop no bolo... MUITO BOM MEXXXMO!!!






  Rob, Sarah, Al, & Ashley


 Tracklist


Go Ahead    
Pink Ruff    
You're Not Alone    
Drift Away    
Shades Of Eternal Night    
Fall Into Your Eyes    
Waking Dream    
Losing Touch    
Cover The Sky    
Get Lost  


http://www.mediafire.com/download/50td7c2qghi96k5/BLEEDING+RAINBOW+-+Yeah+right.zip

 


domingo, 26 de janeiro de 2014

ILL REPUTE - What happened then (1984)




...essa poderia se chamar "SESSÃO CLÁSSICOS ABSOLUTOS INFELIZMENTE ESQUECIDOS" de tão maravilhoso que é esse play. Pros que não lembram ou simplesmente não sacam, o ILL REPUTE é uma banda oriunda da cidade de Oxnard, no estado da California. A banda foi bastante prolifera na chamada cena "NARDCORE", ocorrida no inicio dos anos 80 no sudeste californiano, sempre com a ajuda do selo MYSTIC RECORDS. Esse play ajudou a por o ILL REPUTE no mapa do hardcore punk americano.

Tracklist


1 Oxnard    
2 What Happens Next    
3 Look At Me    
4 Did I Have Fun    
5 Don't Get Used    
6 Cherokee Nation    
7 Book And It's Cover    
8 Wayward    
9 Turn The Guns Around    
10 Hit And Run    
11 Fill It Up    
12 Fuck With My Head    
13 In Society / Who Cares    
14 Bad Reputation    
15 Greed    
16 We'll Get Back At Them    
17 Sleepwalking    
18 I Won't Kill For You
19 President    
20 Sleepwalking II    
21 It's Not Going To Happen To Me    
22 In The Night     

http://www.mediafire.com/download/0zd3cfhk1enciv3/ILL+REPUTE+-+What+happened+then.zip

DOOM - Corrupt fucking system (2013)


Que surpresa agradável, pouco antes do ano novo, um novo álbum do DOOM. Já vai algum tempo desde o ultimo trabalho (World of shit). "Stripped, Whipped And Crucified" abre o play já mostrando que o ódio pelo poder ainda permanece. Ela nos leva com um riff pesado e lento para a segunda música "Prey For Our Souls " onde têm a poesia punk do infame toma forma nos vocais raivosos de Andy T. Para aqueles não familiarizados com o Andy, ele tem um grande EP chamado "Weary of the flesh" lançado pela CRASS RECORDS. Talvez por isso o play soa meio obscuro e mais politizado (só pra variar) no estilo John Cooper Clarke. O clima anarco-punk impera nesse play, mostrando que como deve ser feito.   

Tracklist

    Stripped, Whipped And Crucified   
    Prey For Our Souls   
    Human Meat   
    Yes, They Still Test On Dogs   
    Suffering In Silence   
    Eat Shit And Buy   
    Corrupt Fucking System   
    Apostasy   
    Own Worst Enemy   
    Final Hour (For Golden Shower)   
    Con Dem Nation   
    Better Off Dead   
    Thatchercide   
    Cults Of Human Sacrifice 

http://www.mediafire.com/download/omerxxmkscu33t4/DOOM+-+Corrupt+f*ck*ng+system.zip

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

PAUCITIES (EUA) - Still mince attitude - 2010-2013 Complete discography tape - 2013


Durante uma visita ao melhor blog de grindcore do mundo (keep the grindcore a live), eu vi essa capa bonitinha e resolvi baixa.... Puta que pariu, pra quê que eu fui entrar nessa... É isso que mata agente, quando não mata deixa mongoloide. Mermão que cacetada, que grindcore malvado. Pense num murro na boca do estômago.

http://www.ulozto.net/x4AiJzt/pa-st-mi-at-10-13-co-di-ta-13-rar

BUITEN GEBRUIK (Holanda / MUNDO)


Se você é daqueles que vibrava com o que rolava nos squats podres da velha Holanda nos anos 90 e sente aquela saudade gostosa de bandas como BOYCOT e OLHO DE GATO, quando o nosso conterrâneo Kleverson e o Billie botavam tudo de pernas pro ar... com toda certeza, a banda que você anda procurando é o  BUITEN GEBRUIK  (que conta tambem com integrantes das bandas Sangre, Fleas and Lice, Betercore, Skint, Matka Teresa e Extreme Noise Error).



A banda toca um d-beat/crust que lembra muito as bandas como CONSUME/STATE OF FEAR, só que com o diferencial de um dos vocais mais fodas do hardcore mundial na minha opinião que é o do Billie. Eu consegui dois materiais deles, a demo e um ep... espero que eles lancem logo um full, pois essa banda é envenenada e carregada naquilo que eu mais curto... Post dedicado ao meu amigo de fé irmão camarada Jorge Matagato!!!


 BUITEN GEBRUIK - Demo


http://www.mediafire.com/download/xoo19yzcwo5pqoo/BUITEN+GEBRUIK+-+Demo.zip 


BUITEN GEBRUIK- Ep


WARTORN (Inglaterra)


Certo dia eu tava aqui escutando minhas barulheras, quando derrepente eu escuto o plim do soulseek, era o meu grande amigo e blogueiro Allan dos SONIDOS RABIOSOS, perguntando se eu conhecia uma banda chamada WARTORN e eu disse que não, ele mandou eu correr desesperadamente atrás de um play chamado "NUKE 'EM ALL". Esaa banda conta com o vocal do grande SORE THROAT Rich Militia que aqui toca guitarra e o Jim que tocou no IRONSIDE e no BOYCOT da Holanda. Quando eu ouvi o play, uma onda de brutalidade tomou todo quartinho aqui... um hardcore ultra rápido e brutal e grave na melhor escola INFEST. 20 sons de pura e genuína aula de pacandaria.


Depois que a ficha caiu, e eu tornei e cai em si, eu vim descobri que eu tinha um ep da mesma banda chamado "Banzay", que conta com 11 lapadas, no mesmo esquema do play, apesar de ter sido lançado anteriormente (1994).


 Tracks

Pledge Of Non Allegiance/Relapse To Radicalism
Conspiracy Theory
Meltdown & Out
How To Destroy Angels
The Ivory Tower
Last Among Equals
Mission Impossible
Cause & Effect
Remember Kronstadt
Get Out
W.T.D.


 

SOURPATCH

Aqui o esquema já mais rebelde. Apesar de não ter uma única canção política em seu repertório, o SOURPATCH é uma das bandas mais políticas em San Jose (Califórnia). Isso porque pra eles não são apenas as letras da banda que importam, e sim a própria banda,  o SOURPATCH é abertamente e orgulhosamente representante  da comunidade gay e tem uma explosão fazê-lo.

"Basta ser quem você é, se ele está sendo trans, estranho, apenas por ser você mesmo, se suas canções tem nada a ver com a sua vida - que eles costumam fazer - você vai estar falando de alguém que é como você!" diz o guitarrista Christine Kaloni Tupou.

Os membros do SOURPATCH se revezam cantando e até mesmo nos instrumentos. Escrever canções cativantes ultra-twee-punk que tendem a ser sobre si mesmos e tudo o que está se passando. "As canções são pessoais," diz o baterista Rico Gutierrez. "Eu acho que um monte de nossas músicas principalmente lidam com as emoções. É tudo sobre desgosto, sobre como estar sendo fodido. As pessoas estão nelas, mas depois elas vêem o que somos, e é como: 'Eu estou mais em sintonia com isso do que eu pensei que seria. "



Além de proporcionar visibilidade para as comunidades gays e transexuais, SOURPATCH faz questão de trazer outras bandas da cena queer-core fora de  San Jose. Na verdade, a banda criou um festival DIY, chamado 
Think and Die Thinking  , que entra em seu terceiro ano em novembro de2013, com a missão de mostrar punk e bandas independentes que têm membros que são queer, transgêneros, riot girls e / ou pessoas de cor. Até agora tem sido um grande sucesso. 

Como sei que o Marcinho tá esperando desesperadamente por esse post, eu vou fazer a espera dele ter valido a pena postando dois plays dessa esplendorosa banda:

SOURPATCH - Crushin' (2010)


 Tracklist

A1 Untitled    
A2 Fun    
A3 It's So Strange    
A4 Crushin'    
A5 Never (Ever Ever) Enough    
A6 You    
A7 He's Succeeding    
B1 Water Without Land    
B2 Same Street    
B3 Outer Space    
B4 GV    
B5 Toothache    
B6 I Want You Either Way  

http://www.mediafire.com/download/l4l2e97cyxsl1c2/SOURPATCH+-+Crushin%27.zip


 SOURPATCH - Stagger & fade (2012)



 Tracklist

A1 Cynthia Ann    
A2 Stare At The Sun    
A3 Salt    
A4 Soldier Boy    
A5 Nothing Lasts    
B1 Moved On    
B2 Look Before You Leap    
B3 Say That I'm Not Over    
B4 Things You Say    
B5 Rooftop    
B6 What You Already Know 

http://www.mediafire.com/download/7ueos4rp8uwy7x4/SOURPATCH+-+Stagger+%26+fade.zip
 

MINKS - Tides end (2013)


Eu tava ouvindo esse play ontem indo pro trampo e o celular descarregou, ai vim ouvir na vinda para casa e confesso que ainda to meio sem saber o que falar... acho que faltou repertório linguístico pra descrever tamanha foi a minha surpresa e alegria com aquilo que eu constatei... Eu andava muito mal acostumado com bandas que só gravam um play e acabam em seguida e eu andei sumido também, então foi por isso que eu acabei esquecendo do maravilhoso MINKS.


A primeira coisa que vem na mente assim que começa o play é  "PORRA, A BANDA SE RENOVOU DE TAL FORMA IMPRESSIONANTE, MAS MESMO ASSIM AINDA É O MINKS." E é exatamente isso que eu acho que o duo Sean Kilfoyle e Amalie Bruun quiseram provocar. Uma coisa completamente diferente do primeiro play (By the hedge de 2011), mas se você é fã do primeiro play, você não vai se decepcionar com esse, eu garanto. O disco começa com "Romans" que usa a mesma bateria do THE THE em "This is the day" . O destaque máximo do play vai para a deliciosa "Margot", que me fez lembrar uma época massa da minha vida além da linha de baixo perfeita.

 Tracklist

A1 Romans    
A2 Everything's Fine    
A3 Margot    
A4 Playboys Of The Western World    
A5 Weekenders    
B1 Painted Indian    
B2 Hold Me Now    
B3 Doomed And Cool    
B4 Ark Of Life    
B5 Tides End     

http://www.mediafire.com/download/9bmka1ve81kzob6/MINKS+-+Tides+end.rar

 

quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

EXLOVERS - Moth (2012)




Certa madrugada eu tava garimpando e encontrei essa banda, ai eu tava conversando com o Marcinho e mostrei pra ele e agente meio que ficou boquiaberto com o EXLOVERS... A palavra que resume a parada é "INDIE"... sim muito indie rock com aquela pitadinha mais que necessária de brit pop. 


É notável a influencia de The Cure, Teenage Fan Club, Elliot Smith no som desses londrinos. Sem contar o maravilhoso vocal da linda de morrer Brooke Rogers, no melhor estilo Bilinda Butcher no sentido dream pop. Boa pedida pra quem sente falta de um bom indie rock, puro e simples indie rock londrino, destaque para "blowing kisses" e sua bateria, "you're so quiet" e seu riff e a urgencia de "starlight, starlight" abrindo o play!


Tracklist

1 Starlight, Starlight    
2 This Love Will Lead You On    
3 Emiliy    
4 Just A Silhouette    
5 Blowing Kisses    
6 Unlovable    
7 I Wish We'd Never Met    
8 You Forget So Easily    
9 You're So Quiet    
10 The Ruins  

http://www.mediafire.com/download/7f5dwqmcacrlclr/EXLOVERS+-+Moth.zip




ALLO DARLIN' - Europe


...eu tenho que admitir - EU TORCI O BICO COM ESSE SEGUNDO PLAY DO ALLO DARLIN'!!!

Eu não sei... parece que eles entenderam a formula de fazer um disco perfeito (que eu sempre falo com a Priscilla) que é:
 
- Moça bonita com vocal fofo
- Base de violão
- Guitarrinha com dedilhados Johnny Marr
- Bateria RAMONES
- Baixo marcando


Não dá outra... seguindo isso é sucesso na hora e não foi diferente nesse play. Antes eu dizia que o som do ALLO DARLIN' era trilha sonora de comédia romantica. Depois de ouvir esse play eu realmente retiro totalmente o que eu disse... muito menos vou destacar algum som do play, está todo maravilhoso!

http://www.mediafire.com/download/5tooje91yr06d64/ALLO+DARLING+-+Europe.zip




sábado, 4 de janeiro de 2014

SCOWL - Grindcore is serious business

...taí um play que eu quando eu vi eu pensei: "DEVE SER AQUELES NOISE CORE FANFARRÃO" só por causa da capa e titulo. mas devo admitir que eu não estava completamente equivocado. A primeira faixa já é tirando onda com o finado (foi tarde) Seth Putnam e na capa tem uma mensagem dizendo que o Steve Holt(que eu desconheço quem seja) é um bastardo. Sobre o som, seria um grindcore, com um pezinho no power violence (mais pelo senso de humor e pelas partes que lembram as áureas bandas do estilo), outro ponto positivo são os vocais... sempre intercalando entre os urros e os gritos!!! Vale a pena dar uma bizóiada!

http://www.mediafire.com/download/2jmd63zdj4j6k2u/SCOWL+-+Grindcore+is+serious+business.zip

CAGED GRAVE - Demo




Esses australianos de Melbourne conseguem praticar um impraticável e violentíssimo power violence, seguindo a cartilha da nova escola... sons beirando grindcore, partes com rifferama death/black merol, tudo muito brutal, tudo muito esgulepante....



quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

MARCELO BIRCK - Rastros de um tempo vertical




Censurar ninguém se atreve
Pra que ninguém diga que o mesmo eu não sou mais
Longa é a jornada e a vida breve
Meu bem, os microfones não mentem jamais

Qual paca tatu cotia
Lúcido a médio prazo, arrasando entre cordas vocais Shá-lá-lá
Pois definiu trocadilhos
Nem buzina que às vezes, fagulhas pra defenestrar Shá-lá-lá

Sombras a secar ao sol / Outros carnavais
Até o Rio GranLiverpool / Desde o litoral
Drible do tamanduá / além de um luar
Rastros do arco-íris azul / e o meu amor / Pétalas de flor Ouou

Quatro caras cabeludos revolucionando todo mundo
Com seu jeito de cantar
Plugados em amplificadores mil acordes mil amores
Timbre, tom, ruído, ritmo pelo mundo a se alastrar sha-lá-lá

 Sombras a secar ao sol / Outros carnavais
Até o Rio GranLiverpool / Desde o litoral
Drible do tamanduá / além de um luar
Rastros do arco-íris azul / e o meu amor / Pétalas de flores são quase o som
Deste tempo vertical

ORCA TEAM - Restraint



...é com grande alegria que eu começo o ano de 2014 postando essa delícia vinda de Seattle. Sim, o trio mais surf pop da atualidade... ORCA TEAM!!! Esse é seu 3° play e consolida tudo que os zines, blogs e jornais especializados andam falando deles, ou seja, a banda é muito foda. Se você, assim como eu, está procurando um 2014 com muito preto e branco, reverb de mola, fenders jazzmasters e nouvelle vauge (cinema) essa é a banda pra se ouvir.



Dwayne Cullen - D R U M S
Jessica B. - G U I T A R
Leif Anders - B A S S & V O X


 http://www.4shared.com/zip/aZQ8XFH8/ORCA_TEAM_-_Restraint.html




Pouvez-vous devenir unique
 

Je peux vous rendre unique.
Pouvez-vous pourrir.
Pour vous semblez
rien dans la tunique sombre

Il ne s'agit que de charognes.
Le groupe que personne ne l'aime.
Est-ce que
polluer 
pureté que l'homme ignore.

Je peux vous rendre unique
à mes yeux, il ne faut pas chercher.
Cécité nécessaire dans l'angoisse quotidienne
qui vous rendent unique peut générer.

Pouvez-vous devenir chronique.
Tuer tous les jours me fait tousser un ver.
Mais seulement anachronique.
Mais un seul juste pour moi.